terça-feira, Abril 3

Ah! A Finlândia!

Há dias em que por um nada se vai a boa disposição. Pequenos contratempos, mesquinhices, obrigações que sem vontade se têm de cumprir, uma troca de palavras que caiu mal. A companhia também por vezes involuntariamente contribui.
Cinquentona afável, bem na vida, nem feia nem bonita, estado solteira, tem a febre das viagens e, segundo diz, um enorme desejo de partilhar as suas impressões e experiências. Essa partilha, contudo, deve realizar-se apenas no subconsciente, pois em conversa usa três ou quatro adjectivos, o resto exprime-o com caretas, gestos, exclamações, um pfff! de vez em quando.
- Em 2006 estive no Canadá.
- Gostou?
- É imenso!
A Índia também lhe parece imensa, Nova Iorque, gigantesca. A Tailândia? Adorável! O Brasil? Um mundo! Acha a  Noruega incrível, "Aqueles fordes!"  A Marrocos irá este ano pela terceira vez. "Liindo! Liindo!"
- No Natal estive na Finlândia.
- Não conheço.
- Ah! A Finlândia!